Informação sindical, boletins, pareceres, artigos de opinião, etc.

quarta-feira, 30 setembro 2020 11:05 Publicado em Regalias dos sócios

Lugar ao Sol - Hotéis Rurais / Turismo Habitação

Hotel Rural Santo AntónioHotel-Rural-Charme-Maria-Fonte-01.pngTurismo Rural

Ver mais informação aqui

segunda-feira, 28 setembro 2020 15:57 Publicado em Outra informação

os dez mais: por RA

Top 10 (no 28 de setembro de 2020) dos municípios

em n.º de casos confirmados desde o início da pandemia

Top 10 (no dia 28 de setembro) dos municípios

em acréscimo de casos confirmados desde 31 de agosto

 

 

Os médicos ganham de ordenado o mesmo que há 20 anos, com a conversão escudo para euro, para um custo de vida que duplicou ou triplicou. Não se percebe esta relação amor-ódio relativa à sua profissão.

Ver link aqui 

 

O que dizem os médicos: devíamos recusar tratamentos
aos ‘anti-máscaras’, se ficarem doentes com COVID-19?
Batya Swift Yasgur, MA, LSW
“Physicians Are Talking: Should Anti-
Maskers Refuse COVID-19 Treatment if
They Become Ill?”
Medscape, 14 de setembro de 2020
Recusar-se a usar uma máscara provoca a fúria de muitas pessoas em todo o mundo. Num caso
extremo, recente, oito pessoas em East Java, Indonésia, que se recusaram a usar máscaras faciais em
público, foram punidas com a ordem de cavar sepulturas para outras pessoas que morreram de
COVID-19.
O presidente da autarquia designou duas pessoas para cada sepultura – uma para cavar a
sepultura e a outra para colocar tábuas de madeira dentro da cova para sustentar o cadáver. “Oxalá
isso possa criar um efeito dissuasor contra os infratores”, disse.
Obviamente, essas medidas draconianas nunca aconteceriam nos EUA. Ainda assim, o uso de
máscaras tornou-se um assunto controverso, com vários pontos de vista e sistemas de valores
convergindo num pequeno quadrado de pano. O uso de máscara é recomendado pelo CDC para
minimizar a disseminação de COVID-19, mas muitas pessoas, incluindo alguns profissionais de saúde,
discordam dessas recomendações.
Um comentário recente no Medscape por Arthur L. Caplan, PhD, diretor da Divisão de Ética
Médica, NYU Grossman School of Medicine, Nova Iorque, abordou uma dessas questões, sugerindo
que as pessoas que se recusam a manter o distanciamento social ou a usar máscaras deviam disporse
a “ir até o fim, em termos de acesso a cuidados de saúde”........

ver o documento na íntegra em anexo

Pack 9 + 2 Noites Grátis = 45,00€
 
Campanha Outono

Na compra do Pack 9 Noites, 2 Pessoas, só 45,00€, receba + 2 Noites de Oferta.

Pouco mais de 4€/noite. Aproveite já!
  • Use as noites separadamente ou de seguida;
  • Pode utilizar, ou oferecer a familiares e amigos;
  • Utilizáveis em mais 180 Hoteis selecionados de 3 a 5 estrelas em Portugal e Espanha;
  • Pode utilizar durante 2 anos;
  • Recebe o seu Pack (talonário) na morada fornecida entre 24h a 72h, após pagamento (envio gratuito, exceto à cobrança);
  • No Hotel acresce determinados consumos mínimos diários, normalmente 1 pequeno almoço + refeição, por pessoa;
  • Crianças: Grátis até aos 2 ou 3 anos e desconto até 50% nos consumos mínimos até aos 12 anos, dependendo do hotel.
 
sexta-feira, 25 setembro 2020 10:21 Publicado em Outra informação

outro indicador para comparar; partilhado por RA

Eu gosto mais de olhar para a progressão dos 7 dias anteriores por milhão de habitantes, e Portugal não está lá muito bem (tirei a Espanha porque está tão alta – com 17 óbitos por milhão nos 7 dias anteriores – que torna o gráfico ilegível).

Enquanto os casos se mantêm estáveis, tem havido uma aumento considerável de óbitos.

Os óbitos da França refletem o aumento de casos nas semanas anteriores. A holanda está com uma progressão em casos e óbitos muito semelhante à da França com cerca de 10 dias de diferença. A Grécia e a Itália estão a ter um aumento

significativo de óbitos sem ter um aumento dos casos. O Reino Unido tem crescido em casos e óbitos, enquanto a Bélgica anda aos altos e baixos.

Outro indicador é a comparação entre o número de óbitos dos 7 dias anteriores e a média de óbitos por semana – Portugal está a aproximar-se muito da sua média. Claro que tendo controlado a pandemia

relativamente bem em Abril, a média é mais baixa que em outros países. Mas em números absolutos estamos a aproximar-nos da média semanal de mortes por gripe em 2018/2019 (dados de jornais).

Em baixo, uma comparação com a Suécia que tem uma população semelhante.

Comparando os 7 dias anteriores por milhão de habitantes, com a média semanal por milhão de habitantes. O gráfico da Grécia está atualmente muito acima da média devido ao histórico baixo dos seus

óbitos e o aumento recente. A França e o Reino Unido estão a aumentar mas ainda longe das próprias médias devido aos picos de abril.

Mas bom bom é comparar-nos com o Brasil e os EUA… … afinal não andam longe da média da França…

Então com a Rússia e a Índia… … ui

 

quarta-feira, 23 setembro 2020 15:35 Publicado em Outra informação

um indicador para comparar, por RA

O número de óbitos por milhão de habitantes é, talvez, o indicador mais fiável para comparar países. 
Eis os números mais recentes de um conjunto de países que temos vindo a seguir.
Considerando as nossas 3 maiores regiões, a evolução mensal de óbitos/milhão é a seguinte 
(a 1 semana do final do mês de setembro):
 
sexta-feira, 18 setembro 2020 15:34 Publicado em Outra informação

as curvas em U : por RA

Se na Itália há um U nítido, na Alemanha e em Portugal o acréscimo de ativos é inegável.
Aparentemente, o acréscimo ainda não se reflete em números perigosos nos hospitais:

Pesquisar por texto

Informação por datas

« Março 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          
 
 
 

EU privacy directive