Concursos relativos a Medicina Hospitalar

sexta-feira, 05 junho 2020 18:42

a gente vai continuar (*): por RA

Os gráficos hoje partilhados são comparações entre Portugal e vários países com dados sobre a covid-19 recolhidos da Worldometers até 5 de junho de 2020.

Está na altura de começar a pensar se a gente vai continuar.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Continuamos a comparar este indicador da proporção de óbitos em cada 100 casos positivos

Em 28/mai era assim: 

_________________________________________________________________________________________________________

O indicador das mortes por milhão de habitantes mantém Portugal numa posição intermédia na Europa. A Bélgica continua destacada, a Eslováquia está nos mínimos há muitos dias.

_________________________________________________________________________________________________________

Estamos entre os que fazem mais testes. A ordenação é a mesma do gráfico acima e dos abaixo

_____________________________________________________________________________________________________

Este gráfico mostra como não parece justificado fazer testes só para se saber o que se sabe

___________________________________________________________________________________________________

A covid-19 espalhou-se na Europa de modo irregular (ou então os registos nacionais não obedecem aos mesmos critérios).

_________________________________________________________________________________________________

Focando-nos apenas nos países de que anotei a progressão diária, proporcional à população, continuamos a ver como sobem em flecha os EUA,

o Reino Unido (com pequena inflexão) e a Suécia. A França sofreu há 3 dias uma queda não explicada. 

_________________________________________________________________________________________________________________

A evolução do número de “ativos” (n.º de casos positivos a que se subtraem os óbitos e os curados) é um importante indicador da situação nos países. Infelizmente,

Worldometers não tem mostrado novos números de curados do Reino Unido desde 14/mai e o mesmo acontecendo desde 1/jun quanto à Espanha e à Suécia (que estavam a subir).

Estranha-se igualmente que, desde há várias semanas, o número de curados na Alemanha surja sempre arredondado para as centenas.

__________________________________________________________________________________________________________________

Comparando os três países selecionados, vemos que o n.º de “ativos” português, depois de um acerto de registos, continua a não baixar coisa que se veja.

A Itália e a Alemanha mostram um valor confortavelmente abaixo da casa de partida.

__________________________________________________________________________________________________________________

Tendo em conta a dimensão populacional, uma vez que não conseguimos saber os dados do R. Unido, Espanha e Suécia, vemos que Portugal, tendo baixado,

mantém, mais de 1000 “ativos” por milhão. 

______________________________________________________________________________________________________

Pela primeira vez o total de número de “ativos” no mundo apresenta uma descida.

________________________________________________________________________________________________________

Juntei os EUA ao BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) apesar de, em muitos aspetos, os valores e as comparações sejam dificilmente compreensíveis

__________________________________________________________________________________________________________

“Calma aí … The Lancet na App Store … todos podem errar”

 

Publicado em Outra informação

Comunicado à Imprensa

Apesar do anúncio de contratações, as más condições de trabalho afastam os médicos
do SNS. O Ministério da Saúde coloca médicos a recibos verdes no combate à COVID-
19, sem direito à proteção no caso de ficarem infetados. Para a Federação Nacional dos
Médicos (FNAM) é fundamental proteger os direitos de quem está na linha da frente e de
quem garante o funcionamento do Serviço Nacional de Saúde (SNS).
(ver o documento completo, em anexo)

Publicado em Comunicados
sexta-feira, 05 junho 2020 18:17

Procedimento concursal AG Sénior de Ortopedia

Aviso n.º 8751/2020 - Diário da República n.º 110/2020, Série II de 2020-06-05 135286677

Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim/Vila do Conde, E. P. E.

Procedimento concursal comum conducente ao recrutamento de pessoal médico para a categoria de assistente graduado sénior de ortopedia

Publicado em Concursos

Pesquisar por texto

Informação por datas

« Outubro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  
 
 
 

EU privacy directive