Informação mais recente

Despacho n.º 4328-B/2020 - Diário da República n.º 70/2020, 2º Suplemento, Série II de 2020-04-08 131292970

Saúde - Gabinete do Secretário de Estado da Saúde

Determina a aplicação da tolerância de ponto concedida pelo Governo para os dias 9 e 13 de abril, tendo em conta a continuidade e a qualidade da prestação de cuidados de saúde à população

quarta-feira, 08 abril 2020 17:28 Publicado em Outra informação

Evolução da Covid19 a 8-4-2020 - Gráficos por RA

https://www.worldometers.info/coronavirus/    

Há dias, um conceituado comentador televisivo afirmava que o número de mortos tardava em baixar e outro dizia que o número de casos não para de crescer… Parece que alguns esquecem que, nem que seja só um caso, é sempre a subir. É por isso que o mais importante é ir vendo os novos casos que se confirmam por dia e o número da mortes registados:

O crescimento diário de casos avalia-se pela percentagem que cada dia sobe face ao dia anterior:

A taxa de letalidade da totalidade de casos registados por região Portugal mostra diferenças que carecem de explicação.

população

região

casos/ 10 000

mortes/ 100 000

casos

mortes

letalidade

3 574 394

Norte

20,7

5,8

7 386

208

2,8

2 840 006

Lisboa&VT

12,1

2,4

3 424

68

2,0

2 223 958

Centro

8,4

4,3

1 865

96

5,1

439 241

Algarve

5,7

1,8

251

8

3,2

243 354

Açores

2,9

0,0

70

0

0,0

254 157

Madeira

2,0

0,0

52

0

0,0

776225

Alentejo

1,2

0,0

93

0

0,0

 

 Quando comparada com outros países, a letalidade portuguesa situa-se em aparente boa posição.

 

O número total de casos, considerando a dimensão populacional desses países, indica um certo paralelismo ao mesmo tempo que sugere que depende do tempo decorrido:

Só se poderá falar em planaltos ou picos quando o número total de ativos (soma de casos, subtraindo as mortes e os recuperados), num país, estacionar ou baixar:

O mesmo se diga no panorama mundial, cujo totais “não param de subir”:

 

quarta-feira, 08 abril 2020 16:41 Publicado em Pareceres

Tolerância de Ponto

quarta-feira, 08 abril 2020 15:17 Publicado em Artigos de opinião

Coronavírus - artigo de Ana Maia e Rita Pereira

Gabriela Gomes é matemática especialista em epidemiologia na Escola Superior de Medicina Tropical de Liverpool e traz boas notícias, rodeadas de cautelas e avisos: esta não é ainda a hora de relaxar. Mas é a hora de dizer que as medidas de contenção estão a funcionar e que, segundo o modelo matemático que aplicou aos dados de que dispõe, já passámos o pico da infecção. Ler todo o artigo aqui 

 

dados de 5/abr, cerca das 12h15

https://www.worldometers.info/coronavirus/

Estes dois gráficos parecem confirmar que há achamaneto da curva - portanto maior duração do surto e mais tempo para tratar os casos mais graves.

 

 

 

A nossa taxa de letalidade continua baixa, comparativamente aos outros países e ao mundo todo somado.

Tendo em conta a dimensão populacional, temos um número de casos equivalente aos outros europeus mas bastante menor
do que Espanha e Itália (não entra em conta o tempo decorrido em cada país). 
Quanto às mortes por milhão a nossa posição é interessante.
 

 

O número de casos ativos ainda não começou a baixar, tanto nos países como no mundo.

 

O número de casos ativos ainda não começou a baixar, tanto nos países como no mundo.

Pesquisar por texto

Informação por datas

« Março 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
 
 
 

EU privacy directive